início > cursos Ano XXIII - 26 de janeiro de 2022
AVISO:
Lamentamos que o nosso país vive um momento de completa ingovernabilidade e, na tentativa de prover o serviço, informamos que diversos sítios e servidores governamentais ("GOV.BR") estão "com problemas técnicos", em situação "off-line". Estamos envidando esforços para trazer todas as ligações, contudo, é primordial que os corpos técnicos que se utilizam do nosso conteúdo façam a devida checagem da vigência no D.O.U. Por favor, colabore com nossa equipe técnica e informe-nos sobre ligações quebradas pelo "Fale conosco - Suporte técnico". Agradecemos a compreensão.



QR - Mobile Link
GOVERNANÇA CORPORATIVA - ABR - AUDITORIA BASEADA EM RISCOS

MNI - MANUAL ALTERNATIVO DE NORMAS E INSTRUÇÕES

MNI 08 - ABR - AUDITORIA BASEADA EM RISCOS - COMPLIANCE OFFICER (Revisada em 28-11-2021)

AUDITORIA PARA APURAÇÃO DE FRAUDES

SUMÁRIO:

  1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS - DEFINIÇÕES
    1. AUDITORIA INTERNA
    2. AUDITORIA INDEPENDENTE
    3. AUDITORIA INTERNA VERSUS AUDITORIA INDEPENDENTE
    4. COMPLIANCE OFFICER - AUDITORIA BASEADA EM RISCOS
    5. COMITÊ DE AUDITORIA
    6. OUVIDORIA (OMBUDSMAN)
    7. GOVERNANÇA CORPORATIVA - CONSELHO FISCAL
    8. O SURGIMENTO DA CHAMADA DE GOVERNANÇA CORPORATIVA
    9. A MÁXIMA LIBERDADE OPERACIONAL PROPORCIONADA PELA GLOBALIZAÇÃO
  2. LEGISLAÇÃO E NORMAS
    1. LEGISLAÇÃO E NORMAS REGULAMENTARES DO BACEN
    2. NORMAS DO CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE
    3. NORMAS CONSTANTES DO MNI - MANUAL ALTERNATIVO DE NORMAS E INSTRUÇÕES
  3. HISTÓRICO DAS FRAUDES NO SISTEMA FINANCEIRO
    1. A FISCALIZAÇÃO DAS FRAUDES FINANCEIRAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS
    2. DESPESAS FICTÍCIAS E NOTAS FISCAIS FRIAS PARA GERAR CAIXA DOIS
    3. A AUDITORIA ANALÍTICA UTILIZADAS PARA APONTAR AS ROTINAS DA SONEGAÇÃO FISCAL
    4. OS GRANDES CARTÉIS CONTROLADOS PELAS MULTINACIONAIS
    5. A CPI DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA E OS MEDICAMENTOS GENÉRICOS
  4. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

Normas aplicáveis às Instituições do Sistema Financeiro e do Mercado de Capitais, às Sociedades de Capital Aberto - Companhias Abertas e às Grandes Empresas mencionadas na Lei 6.404/1964 - Lei das Sociedades por Ações.

4. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

  1. NBC-TA - Normas Técnicas de Auditoria Independente (entre outras)
  2. Normas Profissionais dos Auditores Internos - CFC - Conselho Federal de Contabilidade
  3. Outras Normas Profissionais para Contadores, Auditores e Peritos Contábeis
  4. COSIF 1-34 - Auditoria
  5. Resolução CMN 4.588/2017 - Foi REVOGADA pela Resolução CMN 4.879/2020 que, a partir de 01/01/2021, passou a dispor sobre a atividade de auditoria interna nas instituições do sistema financeiro autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.
  6. Governança Corporativa
  7. Contabilidade Forense - Auditoria ou Perícia Contábil Judicial e Extrajudicial - Comprovação na Esfera Judicial
  8. Auditoria Analítica - Interna, Externa ou Independente, Governança Corporativa = Conselho Fiscal, Compliance Officer = Gerenciamento de Controles Internos
  9. Contabilidade Digital - SPED - Sistema Público de Escrituração Digital - Nota Fiscal Eletrônica
  10. Contabilidade Criativa  - Implicações Criminais da Contabilidade Fraudulenta - Manipulação de Resultados e de Demonstrações Contábeis
  11. Blindagem Fiscal e Patrimonial - Ocultação de Bens, Direitos e Valores em Paraísos Fiscais - Internacionalização do Capital Nacional, Lavagem de Dinheiro obtido na Ilegalidade. Capital Estrangeiro de Sonegadores de Tributos, Desfalque no Tesouro Nacional.
  12. Incentivos Fiscais à Lavagem de Dinheiro - Lucro Presumido e Lucro Arbitrado - Falta de Escrituração Contábil
  13. Tudo sobre as Contas "CC5" de Não Residentes - Lavagem de Dinheiro, Blindagem Fiscal e Patrimonial, Contas Bancárias Fantasmas, Fraudes Cambiais, Evasão de Divisas (Reservas Monetárias), Dívida Externa = Desfalque no Tesouro Nacional, Neocolonialismo Privado.
  14. Planejamento Tributário - Exemplos de irregularidades com base em Casos Verídicos