início > cursos Ano XX - 24 de junho de 2019



QR - Mobile Link
SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL E EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL

EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL E SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL

AVALIAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO EM COLIGADAS E CONTROLADAS

INTRODUÇÃO (Revisada em 08-09-2017)

Considerando que muita gente não afeita à profissão contábil acha que analisar a situação líquida patrimonial de entidades jurídicas públicas ou privadas, com ou sem fins lucrativos, é somente verificar a evolução das contas apresentadas nos Balanços  Patrimoniais de dois ou mais exercícios fiscais com o cálculo de índices, este roteiro de pesquisa e estudo mostrará os procedimentos que de fato devem ser adotados para a perfeita apuração do Patrimônio Líquido das entidades levando em conta os Princípios e Normas de Contabilidade baixados pelo CFC - Conselho Federal de Contabilidade.

De antemão podem ser lidas as explicações contidas no roteiro de pesquisa e estudo sobre Análise de Balanços em que se discorre sobre os elementos necessários à perfeita análise, que culminará com o cálculo de índices diversos.

Assim sendo, torna-se necessário o estudo do módulo sobre Participações Societárias que versa sobre a constituição de empresas, sobre os tipos de sociedades e sobre as empresas individuais (com um único dono). Outrossim, aquele módulo versa sobre a Governa Corporativa que está diretamente ligada aos Aspectos Administrativos das Pessoas Jurídicas.

Para abranger também os Conglomerados Empresariais (Grupo de Empresas), este módulo se atem ao método de Equivalência Patrimonial das Demonstrações Contábeis, mediante a Avaliação Patrimonial de Coligadas e Controladas.

Para isso, serão estudadas as NBC - Normas Brasileiras de Contabilidade e o estabelecido pela Lei das Sociedades por Ações, pelo Regulamento do Imposto de Renda e pelo COSIF, entre outros Planos Contábeis padronizados por outras agências reguladoras.

Todos esses citados Planos de Contas, tal como PADRON - Plano de Contas Padronizado, elaborado pelo coordenador deste COSIFE, devem estar voltados para o estabelecido pelo SPED - Sistema Público de Escrituração Digital.

O presente roteiro de pesquisa e estudo ainda mostrará as diversas as formas utilizadas pelos consultores em planejamento tributário para manipulação de resultados e consequente do Patrimônio Líquido das entidades jurídicas por intermédio de vários tipos de operações e pela reavaliação de ativos, inclusive para efeito da reorganização ou reestruturação de Participações Societárias.

Sobre as Participações Societárias fraudulentas, serão comentados fatos como Participações Recíprocas ou Cruzadas, Participações em Cascata, Ágios Fictícios em Incorporação e Fusão, Internacionalização do Capital em Paraísos Fiscais, Sonegação Fiscal, Lavagem de Dinheiro, Blindagem Fiscal e Patrimonial por Sonegadores de Tributos, Formação de Cartéis, entre outros fatos.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.