início > início Ano XIX - 20 de agosto de 2018



QR - Mobile Link

Busca Avançada

procurando documentos  
Busca:
 

Procurar com todas palavras qualquer palavra

Procurando por Crimes Contra Investidores. Resultados 1 - 10 do total de 119 documentos encontrados.



AS GRANDES EMPRESAS E AS SUAS FRAUDES CONTÁBEIS
A IMPORTÂNCIA DOS PARAÍSOS FISCAIS NA REALIZAÇÃO DAS FRAUDES CONTÁBEIS - as grandes empresas e as suas fraudes contábeis - a importância dos paraísos fiscais na realização das fraudes contábeis - o sox - sarbanes oxley act de 2002 não foi suficiente - ética na contabilidade - depois dos escândalos da enrow, da worldcom/mci, da parmalat, cvm norte-americana investiga coca-cola. contabilidade criativa ou fraudulenta, as bolsas de valores e os crimes contra os investidores, contabilização de lucros fictícios, manipulação de balanços - demonstrações contábeis, caixa dois em paraísos fiscais, lavagem de dinheiro de narcotraficantes e corruptos.
Este documento teve 77110 acessos.

LEI 7.492/1986 - LEI DO COLARINHO BRANCO
Define os crimes contra o Sistema Financeiro Nacional - lei 7.492/1986 - lei do colarinho branco - de 16 de junho de 1986 - define os crimes contra o sistema financeiro nacional. com a legislação correlata. lei 4.595/1964 - criou o cmn - conselho monetário nacional e o banco central - lei 4.728/1965 - mercado e sistema distribuidor de títulos e valores mobiliários. lei 4.729/1965 - sonegação fiscal. lei 6.024/1974 - intervenções e liquidações. lei 6.385/1976 - cvm - comissão de valores mobiliários - decreto 91.152/1985 - conselho de recursos do sistema financeiro nacional. decreto-lei 2.321/1987 - administração temporária. lei 7.913/1989 - crimes contra investidores. lei 8.137/1990: crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo. lei 8.176/1991: crimes contra a ordem econômica. lei 9.447/1997 - responsabilidade dos controladores de instituições do sfn e dos auditores independentes. lei 9.613/1998 - lavagem de dinheiro - blindagem patrimonial - ocultação de bens, direitos e valores. lei complementar 105/2001 - sigilo bancário. lei complementar 104/2001 - sigilo fiscal - elisão fiscal. lei 5.172/1966 - ctn - código tributário nacional - fiscalização e sigilo fiscal. mni 5 - ação fiscalizadora
Este documento teve 48374 acessos.

AS BOLSAS DE VALORES, O MERCADO DE BALCÃO E O RISCO BRASIL
Rating - Agências Classificadoras de Risco - o mercado de capitais e os crimes contra investidores. mercado primário e mercado secundário, lançamento de ações novas - underwrite - unserwriting - rating - agências classificadoras ou de classificação de riscos - risco brasil. a importância das bolsas de valores e do mercado de balcão, títulos de renda fixa prefixados e pós-fixados - pregão das bolsas de valores - mercado de commodities e contratos futuros - interferência das bolsas de valores na economia - operações de hedge nas bolsas de mercadorias - manipulação de preços e outros artificialismos - as bolsas de valores como precursoras de economia independente - influência das bolsas de valores em alta - c-bonds ou bradies - cálculo do risco brasil
Este documento teve 31485 acessos.

CHINESE WALL NO ASSET MANAGEMENT
NORMAS PARA EVITAR FRAUDES NO GERENCIAMENTO DE ATIVOS - chinese wall no asset management - normas para evitar fraudes no gerenciamento de ativos - planejamento tributário, carga tributária, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, ocultação de bens, "caixa dois", operações de swap e hedge, irregularidades na administração; desvios de recursos mediante operação fraudulenta, fraudes, desfalques, manipulação de resultados em fundos e carteiras de investimentos, fundos de pensão, dl157, institutos e fundações de previdência, secretarias de fazenda, entidades de capitalização e seguros, demais empresas e instituições financeiras. crimes contra investidores.
Este documento teve 30888 acessos.

GOVERNANÇA CORPORATIVA
CONSELHO FISCAL DAS SOCIEDADES ANÔNIMAS - compliance - gerenciamento de risco, liquidez, controles internos (coso), fraudes contábeis e operacionais, desfalques (lavagem de dinheiro e ocultação de bens, direitos e valores), crimes contra investidores, contabilidade criativa, planejamento tributário, chinese wall, earning e asset management - gerenciadores de ganhos e de ativos, auditoria interna e auditores independentes, comitê de auditoria, ação fiscalizadora, sigilo bancário.
Este documento teve 23121 acessos.

A LEGALIDADE DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
A "PIROTECNIA POLICIAL" E A BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL - ética na contabilidade, blindagem fiscal ou patrimonial, planejamento fiscal, elisão fiscal, crimes, sonegação fiscal (lei 4.729/65), internacionalização do capital, lavagem de dinheiro e ocultação de bens (lei 9.613/98), contra a ordem tributária (lei 8.137/90), sistema financeiro (lei 7.492/86),investidores (lei 7.913/89), falsificação material e ideológica da escrituração contábil (art. 256 do rir/99), repressão às organizações criminosas (lei 9.034), caso nahas.
Este documento teve 22420 acessos.

FRAUDES FINANCEIRAS E OPERACIONAIS DAS MULTINACIONAIS
CRIMES CONTRA INVESTIDORES - MANIPULAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - fraudes financeiras e operacionais das multinacionais - crimes contra investidores - manipulação das demonstrações contábeis - casos parmalat e enron, planejamento tributário, sonegação fiscal, evasão cambial ou de divisas, lavagem de dinheiro, fraudes ou crimes contra investidores nas bolsas de valores, manipulação dos resultados nas demonstrações contábeis das multinacionais, paraísos fiscais - as ilhas do inconfessável. contabilidade criativa = contabilidade fraudulenta. desfalques praticados pelos executivos e acionistas controladores da companhias abertas ou sociedades de capital aberto. supervalorização de bens na integralização de capital em subsidiárias no exterior. superfaturamento das importações e subfaturamento das exportações. os problemas a serem enfrentados pelos auditores independente e pela auditoria interna.
Este documento teve 19175 acessos.

PRECATÓRIOS JUDICIAIS E OUTROS CRÉDITOS JUNTO AO GOVERNO
PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO - TÍTULOS PODRES X DÉBITOS FISCAIS - planejamento tributário, sonegação fiscal, fraudes com créditos do icms e do ipi, fraudes com títulos públicos prescritos, refis - parcelamento de débitos fiscais e compensação com créditos de terceiros, contabilização dos deságios na compra e venda de precatórios, aquisição de títulos podres para compra de empresas estatais privatizadas, privatização, títulos públicos emitidos para pagamento de causas judiciais perdidas por estados e municípios, contabilidade criativa ou fraudulenta, lavagem de dinheiro, a legitimidade da sonegação fiscal, elisão fiscal, evasão cambial ou de divisas, blindagem fiscal e patrimonial, carga tributária, economia de tributos, ocultação de bens, direitos e valores, securitização, créditos securitizados pelo tesouro nacional, fundo de investimento de direitos creditórios - derivativos de crédito, desfalques nos fundos de investimentos, combate às fraudes e desfalques no gerenciamento de ativos - asset management, crimes contra investidores
Este documento teve 14129 acessos.

A MEGALOMANIA E A IRRESPONSABILIDADE DAS AGÊNCIAS DE RATING
FISCALIZAÇÃO DO SFN, AGÊNCIAS CLASSIFICADORAS DE RISCO, INSTITUTOS DE PREVIDÊNCIA, FUNDOS DE PENSÃO E DE INVESTIMENTOS, MANIPULAÇÃO PREÇOS E DE BALANÇOS, ESPECULAÇÃO, CONTABILIDADE CRIATIVA E LAVAGEM DE DINHEIRO. - a megalomania e a irresponsabilidade das agências de rating - fiscalização do sfn, agências classificadoras ou de classificação de riscos, institutos de previdência, fundos de pensão e de investimentos, manipulação preços e de balanços, especulação, contabilidade criativa e lavagem de dinheiro - terceirização de serviços - banco santos - fraudes e crimes contra investidores - não sei como esses megalomaníacos ainda conseguem enganar os digamos experientes dirigentes do banco central, os “experts” das “agências de rating” e muitas outras pessoas importantes, incluindo alguns afamados auditores independentes. especulação ou ciranda financeira, prejuízos dos investidores institucionais, fundos de pensão, fundações de previdência privada fechada. mega-investidores ou mega-especuladores.
Este documento teve 12698 acessos.

A MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
ILUDIR INVESTIDORES É PRÁTICA COMUM NO MERCADO DE CAPITAIS - a manipulação de resultados nas demonstrações contábeis - iludir investidores é prática comum no mercado de capitais - contabilidade internacional, crise financeira mundial provocada pelos estados unidos, as fraudes contábeis das multinacionais e os crimes contra investidores, sonegação fiscal, teoria anárquica neoliberal da autorregulação dos mercados, artifícios contábeis fraudulentos, falsidade ideológica e falsificação material e ideológica da escrituração contábil, manipulação de resultados para embelezamento de balanços patrimoniais: negligência ou incapacidade dos auditores independentes, falhas na auditoria interna e externa e no gerenciamento de controles internos e de riscos e liquidez - compliance, operações compromissadas, compromissos de recompra informais - não contabilizados, títulos podres: falta de provisões e contingências de créditos de liquidação duvidosa, ajustes de avaliação patrimonial, inadimplência, us gaap versus ias gaap
Este documento teve 12132 acessos.