início > contabilidade Ano XX - 23 de maio de 2019



QR - Mobile Link
4.1.1.85.00-1 DEPÓSITOS VINCULADOS

TÍTULO: Plano Contábil das Instituições do SFN - COSIF
CAPÍTULO: Elenco de Contas - 2
SEÇÃO: Função e Funcionamento das Contas - 2.2
SUBSEÇÃO: 4.0.0.00.00-8 - PASSIVO CIRCULANTE E EXIGÍVEL A LONGO PRAZO
GRUPO 4.1.0.00.00-7 - DEPÓSITOS
SUBGRUPO 4.1.1.00.00-0 - Depósitos à Vista

CONTA: 4.1.1.85.00-1 DEPÓSITOS VINCULADOS (Revisada em 16/04/2019)

SUBTÍTULOS:

CÓDIGOS TÍTULOS CONTÁBEIS ATRIBUTOS E P
4.1.1.85.03-2 TEA - Ligadas UB--I-------E--LM---Z --- ---
4.1.1.85.05-6 TEA - não Ligadas UB--I-------E--LM---Z --- ---
4.1.1.85.20-7 Ligadas UBDKIF----SWER-LMN-Z --- ---
4.1.1.85.99-1 Outros UBDKIF----SWER-LMN-Z --- ---

FUNÇÃO:

Registrar as importâncias recebidas para um fim predeterminado ou especial, bem como o valor do produto da cobrança de duplicatas ou outros títulos recebidos em garantia de operações, inclusive garantias prestadas em dinheiro, observado que:

O subtítulo Ligadas destina-se a registrar os depósitos vinculados de titularidade de pessoas físicas ou jurídicas ligadas à instituição, assim entendidos os seus administradores e demais membros de órgãos estatutários, seus controladores e sociedades por estes controladas, direta ou indiretamente, e de coligadas sob controle comum;

O subtítulo TEA - Ligadas destina-se a registrar os recursos decorrentes de Transferência Eletrônica Agendada (TEA) cuja titularidade seja de pessoas físicas ou jurídicas ligadas à instituição remetente da ordem de crédito, assim entendidos seus administradores e demais membros de órgãos estatutários, seus controladores e sociedades por estes controladas, direta ou indiretamente, e de coligadas sob controle comum;

O subtítulo TEA - Não Ligadas destina-se a registrar os depósitos decorrentes de TEA cuja titularidade seja de entidades não ligadas à instituição depositária;

BASE NORMATIVA: Circular BCB 1273; Carta Circular BCB 2242 art. 1º; Carta Circular BCB 3071 6 III

NOTA DO COSIFE: (Revisada em 16-04-2019)

  1. A conta desta página consta da Carta Circular BCB 3.611/2013 que divulga os títulos e subtítulos do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif), utilizados como base de cálculo das contribuições ordinárias e especiais das instituições associadas ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC).
  2. Veja no MNI 6-6-1 as informação sobre o Fundo Garantidor de Créditos
  3. A Carta Circular BCB 2.242/1991 foi REVOGADA pela Carta Circular BCB 2823/1998 que foi REVOGADA pela Circular BCB 3081/2002
  4. Ver a Carta Circular BCB 3.237/2006 que esclarece acerca do oferecimento de vantagens na captação de depósitos vinculados à prestação de serviços de pagamentos e de recebimentos por conta de clientes, bem como do alcance da vedação prevista na Resolução CMN 2.475/1998 que dispõe sobre a concessão de vantagens na captação de recursos do público.

FUNCIONAMENTO DA CONTA:

- Creditada pelo valor dos depósitos acolhidos.

- Debitada pelas retiradas ou transferências.

VER:

MNI 2 - NORMAS OPERACIONAIS DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MNI 6 - REGULAMENTOS E DISPOSIÇÕES ESPECIAIS


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.