Ano XXV - 15 de julho de 2024

QR Code - Mobile Link
início   |   cursos
VENDAS E NEGOCIAÇÃO - PADRÕES DE QUALIDADE NO ATENDIMENTO A CLIENTES


CONHECIMENTOS BANCÁRIOS

CONCURSO BB - BANCO DO BRASIL - 2021 - ESCRITURÁRIO

PARTE 3. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE COMERCIAL

PARTE 3.4. VENDAS E NEGOCIAÇÃO

PARTE 3.4.11. PADRÕES DE QUALIDADE NO ATENDIMENTO A CLIENTES (Revisada em 09-03-2024)

  1. Padrões de qualidade no atendimento aos clientes
  2. Informações Complementares - Opinião Pessoal

Veja também:

  1. BB - CÓDIGO DE ÉTICA E NORMAS DE CONDUTA - 2017
  2. UTILIZAÇÃO DE CANAIS REMOTOS PARA VENDAS
  3. ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL EM VENDAS
  4. TÉCNICA DE VENDAS

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE - ex Auditor do Banco Central do Brasil

1. PADRÕES DE QUALIDADE NO ATENDIMENTO A CLIENTES

Os Padrões de Qualidade no Atendimento a Clientes estão no Título I do Código de Proteção e de Defesa do Consumidor e também no Departamento encarregado pela OUVIDORIA, que os suecos chamam de OMBUDSMAN.

Ainda sobre os Direitos e Deveres dos Consumidores Bancários veja o contido nas páginas sobre CIDADANIA FINANCEIRA existentes no site do Banco Central do Brasil.

Como diz o próprio apresentador do vídeo a seguir, trata-se de tema bastante subjetivo (vago). Poderíamos acrescentar que o tema pode ser usado para defesa de teses ou de teorias, na esfera da Mercadologia, da Psicologia, da Sociologia, das Relações Públicas e da  Administração de Empresas. Porém, entre as informações encontradas na internet, as explicações de Brayan Souza foram consideradas mais convincentes pelo coordenador deste COSIFE. Visto em 27/08/2021.

AULA 18 - VENDAS E NEGOCIAÇÃO
COMPARTILHAMENTO DE APRESENTAÇÃO NO YOUTUBE

Padrões de Qualidade no Atendimento aos Clientes - Banco do Brasil 2021

2. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES - OPINIÃO PESSOAL

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

Num site estrangeiro que tem versão para o Brasil, em 25/08/2021 foi extraída a seguinte frase:

Em um mundo de incertezas, marcas líderes da atualidade criam soluções não apenas para acionistas, mas para clientes, funcionários e sociedade. Ajudamos você a mudar seus negócios para que possa entregar experiências incríveis às pessoas que mais importam.

E em letras menores continuaram a escrever:

A poderosa convergência entre marketing e tecnologia no mercado atual significa que as marcas não são mais construídas por meio da publicidade, mas de experiências. Conectamos ideias de negócios a um mundo de possibilidades tecnológicas para definir e proporcionar novas realidades. Experiências que podem tornar a vida mais fácil, saudável, segura, produtiva e gratificante.

Para estimular o crescimento, os departamentos de marketing necessitam de um novo modelo de agência – que englobe consultoria de negócios, agência criativa e potência tecnológica – para ajudá-los a projetar, construir, comunicar e executar as melhores experiências do planeta.

Entretanto, no dia a dia dos brasileiros A MISÉRIA GRASSA e isto já vinha acontecendo antes mesmo da chegada da PANDEMIA. A partir de 2016 a nossa Classe Média está empobrecendo e não mais consegue pagar suas dívidas, oriundas da compra de produtos estimulados pela propaganda em que era destacado aquele novo jargão: Ou seja, com o alto índice de desemprego artificialmente causado para combater a inflação, os economistas transformaram os trabalhadores desempregados em INADIMPLENTES. Isto nos levou àquela situação de RISCO SISTÊMICO em que ocorrem falências encadeadas tal como se verifica na queda de peças de um dominó enfileiradas depois que a primeira foi empurrada por um detrator (um irresponsável destruidor da cadeia produtiva).

Os avanços tecnológicos nas áreas da eletrônica, da informática e das telecomunicações podem tornar a vida mais fácil, saudável, segura, produtiva e gratificante.

Então, uma enxurrada de leis e regulamentos passaram a exigir maior ou melhor transparência nessas informações. Assim, a extrema auditoria e a fiscalização tornaram-se necessárias para combates as FRAUDES CONTRA CONSUMIDORES desde a produção até o financiamento do consumo.

Veja:

  1. ABR - AUDITORIA BASEADA EM RISCOS - também versa sobre OUVIDORIA
  2. Legislação sobre a Proteção de Dados
  3. Legislação dos Crimes Cometidos pela Internet
  4. Legislação que se refere ao Direito Econômico.
    1. Fraudes e Crimes Contra Investidores
    2. Fraudes Cambiais e Evasão de Divisas
    3. Internacionalização do Capital Nacional - transformando CAIXA DOIS em Capital Estrangeiro
    4. Lavagem de Dinheiro Obtido na Ilegalidade - CAIXA DOIS
    5. Blindagem Fiscal e Patrimonial - ocultação de Bens, Direitos e Valores em Paraísos Fiscais praticada por grandes sonegadores de tributos.

A LEI 8.078/1990 - CÓDIGO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - tem (entre outros títulos) o seguinte sumário:

TÍTULO I - DOS DIREITOS DO CONSUMIDOR (Artigos 1º - 60)

  • CAPÍTULO I - Disposições Gerais (Artigos 1º - 3º)
  • CAPÍTULO II - Da Política Nacional de Relações de Consumo (Artigos 4º - 5º)
  • CAPÍTULO III - Dos Direitos Básicos do Consumidor (Artigos 6º - 7º)
  • CAPÍTULO IV - Da Qualidade de Produtos e Serviços, da Prevenção e da Reparação dos Danos (Artigos 8º - 28)
    • SEÇÃO I - Da Proteção à Saúde e Segurança (Artigos 8º - 11)
    • SEÇÃO II - Da Responsabilidade pelo Fato do Produto e do Serviço (Artigos 12 - 17)
    • SEÇÃO III - Da Responsabilidade por Vício do Produto e do Serviço (Artigos 18 - 25)
    • SEÇÃO IV - Da Decadência e da Prescrição (Artigos 26 - 27)
    • SEÇÃO V - Da Desconsideração da Personalidade Jurídica (Artigo 28)
  • CAPÍTULO V - Das Práticas Comerciais (Artigos 29 - 45)
    • SEÇÃO I - Das Disposições Gerais (Artigo 29)
    • SEÇÃO II - Da Oferta (Artigos 30 - 35)
    • SEÇÃO III - Da Publicidade (Artigos 36 - 38)
    • SEÇÃO IV - Das Práticas Abusivas (Artigos 39 - 41)
    • SEÇÃO V - Da Cobrança de Dívidas (Artigos 42 - 42-A)
    • SEÇÃO VI - Dos Bancos de Dados e Cadastros de Consumidores (Artigos 43 - 45)
  • CAPÍTULO VI - Da Proteção Contratual (Artigos 46 - 54)
    • SEÇÃO I - Disposições Gerais (Artigos 46 - 50)
    • SEÇÃO II - Das Cláusulas Abusivas (Artigos 51 - 53)
    • SEÇÃO III - Dos Contratos de Adesão (Artigo 54)
  • CAPÍTULO VII - Das Sanções Administrativas (Artigos 55 - 60)






Megale Mídia Interativa Ltda. CNPJ 02.184.104/0001-29.
©1999-2024 Cosif-e Digital. Todos os direitos reservados.