início > contabilidade Ano XX - 17 de fevereiro de 2019



QR - Mobile Link
CARTEL - 10 CORPORAÇÕES CONTROLAM QUASE TUDO QUE VOCÊ COMPRA

AUDITORIA ANALÍTICA - MARCAS QUE DOMINAM O MERCADO GLOBAL

CARTEL - 10 CORPORAÇÕES CONTROLAM QUASE TUDO QUE VOCÊ COMPRA

São Paulo, 29/03/2014 (Revisado em 06-07-2018)

Referências: Grandes Corporações, Grupo de Sociedades - Conglomerados Empresariais, Pirâmide de Participações Societárias, Empresas Holdings.

  1. PIRÂMIDE EMPRESARIAL = CONGLOMERADO DE EMPRESAS = HOLDINGS
  2. FORMAÇÃO DE CONGLOMERADOS, MONOPÓLIOS E CARTÉIS
  3. EXEMPLOS DA FORMAÇÃO DE CARTÉIS

Veja também:

Por Américo G Parada Fº - Contador Coordenador do COSIFE

1. PIRÂMIDE EMPRESARIAL = CONGLOMERADO DE EMPRESAS = HOLDINGS

As pirâmides empresariais desenvolvem-se como as antigas famílias chamadas de tradicionais. De um casal influente numa cidade, região ou Estado nascem dois filhos que se casam com herdeiros de outra ou outras famílias influentes. Desses dois casais nascem quatros filhos que também se casam com quatro herdeiros das demais famílias influentes, originando 8 filhos e assim sucessivamente. Nesse exemplo a família base (a partir do primeiro casal) foi crescendo como uma progressão geométrica de razão 2.

Então: 1 : 2 : 4 : 8 : 16 : 32 ...

Neste caso, os casais formados durante gerações assemelham-se à fusão ou incorporação de empresas que foram constituindo novas empresas que, associadas a outras, vão formando o enorme conglomerado empresarial.

Num organograma administrativo de uma empresa encontraremos 1 presidente seguido de 3 diretores, cada um com 3 chefes de departamento, cada um chefiando 3 divisões, cada divisão com 3 subdivisões que terão cada uma 3 seções e assim sucessivamente, conforme foi mostrado no organograma simbólico de estruturação de centros de custeamento.

Desse mesmo jeito podem ser formados conglomerados empresariais como o explicado a seguir.

2. FORMAÇÃO DE CONGLOMERADOS, MONOPÓLIOS E CARTÉIS

A partir da década de 1970, com a extinção do padrão-ouro para o dólar, observa-se uma reorganização ou reestruturação de empresas pelo mundo com o intuito de controlar o mercado de determinadas linhas de produtos. Assim, formaram-se pirâmides de participações societárias, controladas por holding ou grupos de holdings indiretamente associadas. Na década de 1980 esse tipo de reorganização societária ficou conhecido como Globalização, tendo-se em vista que determinadas holdings controlavam empresas em todo o mundo.

Por sua vez, as marcas lançadas regionalmente pelas empresas incorporadas também foram fundidas à marca registrada pela empresa holding. Desse modo, muitas dessas marcas regionais desapareceram com a passar do tempo, ficando somente á marca explorada pela empresa mãe.

Como essas fusões e incorporações automaticamente formaram monopólios e também carteis, leis e órgãos, como o CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica, foram surgindo em vários países. Mas, mediante a constituição de várias holding, cuja interligação não se consegue comprovar, porque estão sediadas em paraísos fiscais, ficou difícil impedir a formação desses cartéis.

Veja também o roteiro de pesquisa e estudo sobre a constituição de holding.

3. EXEMPLOS DA FORMAÇÃO DE CARTÉIS

No exemplo a seguir estão 10 conglomerados empresariais que são detentores das principais marcas, que podem ser encontradas em quase todos os lares, em todos os países do mundo, inclusive naqueles com o menor IDH - Índice de Desenvolvimento Humano.

CARTEL - 10 CORPORAÇÕES CONTROLAM QUASE TUDO QUE VOCÊ COMPRA

FONTE: POLICYMIC - CLIQUE NO GRÁFICO PARA VER O FLUXOGRAMA AMPLIADO

Veja outro modelo de fluxograma, relativo à Fusão de Bancos nos Estados Unidos, compilado por Mother Jones com dados do Federal Reserve (Banco Central Norte-Americano), também publicado pelo site POLICYMIC.