início > textos Ano XXI - 12 de dezembro de 2019



QR - Mobile Link
REDUÇÃO DOS CUSTOS OPERACIONAIS DAS EMPRESAS

BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL

OS ARTIFÍCIOS UTILIZADOS POR SONEGADORES DE TRIBUTOS - EFEITOS NO BALANÇO DE PAGAMENTOS

São Paulo, 18/04/2013 (Revisada em 02-11-2018)

REDUÇÃO DOS CUSTOS OPERACIONAIS DAS EMPRESAS

  1. DEFENDENDO A SEMIESCRAVIDÃO DOS TRABALHADORES
  2. A TESE DEFENDIDA PELOS JAPONESES
  3. A TESE DA EXTREMA-DIREITA ESCRAVOCRATA
  4. A AUSTERIDADE DEVE SER OBSERVADA SOMENTE PELOS POBRES

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

1. DEFENDENDO A SEMI-ESCRAVIDÃO DOS TRABALHADORES

Para redução do custo operacional das empresas, os laureados com o Prêmio Nobel de Economia de 2010 pedem a extinção dos Direitos Sociais dos trabalhadores. Em contrapartida, os controladores dessas empresas e seus executivos nada economizam com seus gastos pessoais esnobes e megalomaníacos.

Veja o texto Reforma Trabalhista - Caminhando para o Trabalho Escravo.

2. A TESE DEFENDIDA PELOS JAPONESES

Segundo o Método 5S - Programa de Gerenciamento Participativo utilizado pelos japoneses os controladores das empresas e seus executivos também devem primar pela "austeridade econômica", tal como os trabalhadores. Por isso os japoneses conseguem progredir, apesar de enfrentarem tantas adversidades geofísicas, que aumentam significativamente o CUSTO JAPÃO, que é bem mais elevado que o danoso CUSTO BRASIL.

Veja o texto O Verdadeiro Custo Brasil

3. A TESE DA EXTREMA-DIREITA ESCRAVOCRATA

Essa perseguição aos trabalhadores, tidos como os causadores da Crise Mundial de 2008, vem acontecendo na Europa e nos Estados Unidos, sob as críticas de Paul Krugman conforme se verifica no texto Verdades Sobre a Crise Mundial Provocada pelos Neoliberais.

Em razão dessa megalomaníaca loucura que aflige os neoliberais anarquistas, Metade da População Norte-Americana Está na Pobreza ou Próximo Dela. Para que isso aconteça, os mais ricos optaram pelo chamado de Canibalismo Econômico. Veja em O Canibalismo Econômico nos Estados Unidos da América.

4. A AUSTERIDADE DEVE SER OBSERVADA SOMENTE PELOS POBRES

A presidenta Dilma Russeff também reclamou dessa "austeridade" em que somente o povo paga pelos erros cometidos pelas elites sob a orientação de seus consultores econômicos e jurídicos que aconselham a Blindagem Fiscal e Patrimonial dos bens, direitos e valores, defendendo os interesses mesquinhos de seus patrões contrários à ordem econômica e tributária estabelecida pela legislação vigente.

Veja o texto Dilma Critica Austeridade e Pede Crescimento para geração de empregos.

PRÓXIMO TEXTO: A CRISE PROVOCADA PELA NOVA ORDEM ECONÔMICA MUNDIAL GLOBALIZADA


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.