início > contabilidade Ano XX - 11 de dezembro de 2018



QR - Mobile Link
RÁDIOS COMUNITÁRIAS - INTRODUÇÃO

CONTABILIDADE POR SEGMENTOS OPERACIONAL

CINE, VÍDEO, RÁDIO, TELEVISÃO, PROPAGANDA

CONTABILIDADE DAS RÁDIOS COMUNITÁRIAS

INTRODUÇÃO (Revisada em 25-10-2018)

Considerações Preliminares

ORGANIZAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

Toda entidade juridicamente constituída precisa ter um administrador, dirigente ou diretor. Isto será melhor evidenciado em Aspectos Constitutivos e em Aspectos Administrativos.

Nenhuma entidade pública ou privada com ou sem fins lucrativos poderá ser bem administrada se não tiver uma básica contabilização de suas ocorrências administrativas e operacionais. Isto será mostrado em Aspectos Contábeis Genéricos em que também se discorre sobre uma simples Contabilidade de Custos. No referido tópico há endereçamento para os Aspectos Contábeis Específicos.

Nas entidades que nunca tiveram escrituração contábil, o contabilista contratado deverá elaborar inicialmente um Balanço de Abertura da Escrituração Contábil, utilizando-se dos métodos explicados no pertinente texto deste COSIFE.

Por sua vez, as entidades que se aproveitem de incentivos fiscais como, por exemplo, o da imunidade, da isenção ou da não incidência da tributação, deverão ter escrituração completa, conforme determina o RIR/1999 - Regulamento do Imposto de Renda. Isto será demonstrado em Aspectos Contábeis Específicos.

Com base na legislação em vigor, o citado RIR/1999 entende como escrituração completa aquela utilizada pelas empresas que tenham optado pela Tributação com base no Lucro Real, que é obrigatória para as empresas que aufiram Receita Bruta Anual superior a R$ 48 milhões.

Entretanto, mesmo as entidades de pequeno porte, como as dos microempresários, podem ter uma contabilidade simples e eficiente. Veja os procedimentos a serem adotados, usando o índice colocado na página principal de Contabilidade das Rádios Comunitárias.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.