início > contabilidade Ano XX - 17 de setembro de 2019



QR - Mobile Link
2.1.1.20.00-0 PARTICIPAÇÕES NO EXTERIOR AVALIADAS PELO MEP

TÍTULO: Plano Contábil das Instituições do SFN - COSIF
CAPÍTULO: Elenco de Contas - 2
SEÇÃO: Função e Funcionamento das Contas - 2.2
SUBSEÇÃO: 2.0.0.00.00-4 - PERMANENTE
GRUPO: 2.1.0.00.00-3 - INVESTIMENTOS
SUBGRUPO: 2.1.1.00.00-6 - INVESTIMENTOS NO EXTERIOR

CONTA: 2.1.1.20.00-0 - PARTICIPAÇÕES NO EXTERIOR AVALIADAS PELO MEP (Revisada em 16-04-2019)

SUBTÍTULOS:

CÓDIGOS ATRIBUTOS E P
2.1.1.20.05-5 Instituições Financeiras - Valor de Equivalência Patrimonial UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.06-2 Instituições Financeiras - Ágio Baseado em Expectativa de Rentabilidade Futura UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.07-9 Instituições Financeiras - Ágio por Diferença de Valor de Mercado de Ativo UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.08-6 Instituições Financeiras - Ágio Baseado em Fundo de Comércio, Intangíveis e Outras Razões Econômicas UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.15-8 Instituições não Financeiras - Valor de Equivalência Patrimonial UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.16-5 Instituições não Financeiras - Ágio Baseado em Expectativa de Rentabilidade Futura UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.17-2 Instituições não Financeiras - Ágio por Diferença de Valor de Mercado de Ativos UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314
2.1.1.20.18-9 Instituições não Financeiras - Ágio Baseado em Fundo de Comércio, Intangíveis e Outras Razões Econômicas UBDKIF-ACTSWE---MN--YZ 200 314

FUNÇÃO:

Registrar as participações de caráter permanente no capital social de sociedades no exterior, observada a segregação, nos adequados subtítulos, do valor de equivalência patrimonial e do ágio, de acordo com o seu fundamento.

BASE NORMATIVA: (Carta Circular BCB 2314 art. 2º § 1º, art. 5º § 5º; Carta Circular BCB 3.624 art. 2º VI a/h, art. 4º VI/VII, art. 7º VIII/IX.

NOTA DO COSIFE:

No artigo 4º da Carta Circular 3.624/2013 lê-se:

Art. 4º. Ficam excluídos do Cosif os seguintes títulos e subtítulos:

VI - 2.1.1.20.10-3 Instituições Financeiras;

VII - 2.1.1.20.20-6 Instituições Não Financeiras;

No artigo 7º da Carta Circular 3.624/2013 lê-se:

Art. 7º. Os saldos existentes nos seguintes subtítulos contábeis excluídos do Cosif por esta Carta Circular devem ser reclassificados:

VIII - do EXCLUÍDO subtítulo 2.1.1.20.10-3 Instituições Financeiras para os adequados subtítulos 2.1.1.20.05-5 Instituições Financeiras - Valor de Equivalência Patrimonial, 2.1.1.20.06-2 Instituições Financeiras - Ágio Baseado em Expectativa de Rentabilidade Futura, 2.1.1.20.07-9 Instituições Financeiras - Ágio por Diferença de Valor de Mercado de Ativos ou 2.1.1.20.08-6 Instituições Financeiras - Ágio Baseado em Fundo de Comércio, Intangíveis e Outras Razões Econômicas agora criadas;

IX - do EXCLUÍDO subtítulo 2.1.1.20.20-6 Instituições Não Financeiras para os adequados subtítulos 2.1.1.20.15-8 Instituições não Financeiras - Valor de Equivalência Patrimonial, 2.1.1.20.16-5 Instituições não Financeiras - Ágio Baseado em Expectativa de Rentabilidade Futura, 2.1.1.20.17-2 Instituições não Financeiras - Ágio por Diferença de Valor de Mercado de Ativos ou 2.1.1.20.18-9 Instituições não Financeiras - Ágio Baseado em Fundo de Comércio, Intangíveis e Outras Razões Econômicas agora criadas;

FUNCIONAMENTO DA CONTA:

- Debitada pelo registro, segundo os subtítulos adequados
- Creditada:
a) pela alienação do investimento;
b) pela venda parcial de ações;
c) pelo reconhecimento de dividendos, cujos direitos já existiam quando da aquisição das ações;
d) pelo ajuste da equivalência patrimonial;
e) pelos dividendos aprovados na coligada ou controlada;
f ) por outros ajustes.

VER:


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.