início > contabilidade Ano XX - 16 de junho de 2019



QR - Mobile Link
COSIF 1.36.2 AUDTORIA

COSIF - Plano Contábil das Instituições do SFN
COSIF 1 - Normas Básicas
COSIF 1.36 - 
Demonstrações Contábeis Consolidadas - Conglomerado Prudencial

COSIF 1.36.2 - AUDITORIA (Revisada em 14-04-2019)

NOTA DO COSIFE:

Resolução CMN 4.280/2013 - Dispõe sobre a elaboração, a divulgação e a remessa de Demonstrações Contábeis consolidadas do Conglomerado Prudencial ao Banco Central do Brasil.

MNI 2-1-20 - ABR - Auditoria Baseada em Riscos, Auditoria Interna e Independente - Comitê de Auditoria, Compliance Officer - Serviço para Dar Conformidade Operacional em relação à legislação e as normas regulamentares vigentes, Governança Corporativa - Conselho Fiscal, Ouvidoria

COSIF 1.34 - Auditoria

NBC-TG- - Consolidação das Demonstrações Contábeis

Notas Explicativas - NBC do CFC, Normas da CVM e da Lei 6.404/1976

Demonstração do Fluxo de Caixa

Demonstração por Segmento Operacional

Contabilidade Financeira - Fluxo de Caixa

1.36.2.1 - As demonstrações contábeis consolidadas de que trata esta seção do Cosif e suas respectivas notas explicativas, relativas às datas-base 30 de junho e 31 de dezembro, devem ser objeto de exame e de relatório semestral, por auditor independente, observados os requisitos mínimos fixados pelo Banco Central do Brasil. (Res 4280 art 6º)

1.36.2.2 - O auditor independente deve assegurar que: (Res 4280 art 6º, § 1º)

a) os valores apresentados representam adequadamente a posição econômica, financeira, patrimonial e dos fluxos de caixa do conglomerado prudencial; e

b) os procedimentos de consolidação constantes do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif) foram observados.

1.36.2.3 - O relatório do auditor independente mencionado no item 1.36.2.1 acima deve ser divulgado juntamente com as demonstrações contábeis consolidadas a que se refere. (Res 4280 art 6º, § 2º)


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.