início > textos Ano XX - 27 de maio de 2019



QR - Mobile Link
OS TUCANOS BONS DE BICO

OS TUCANOS BONS DE BICO

ENGABELANDO O ELEITORADO

São Paulo, 25/04/2002 (Revisado em 10-11-2014)

Referências: Eleição Presidencial em 2002.

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

Segundo o Aurélio, os Tucanos são aves piciformes (semelhantes ao piche). Alimentam-se de pequenos frutos (comem devagar para não chamar a atenção da oposição) e, não raro, pilham ninhos de outras aves (que o digam ACM, Roseana Sarney, Jader Barbalho e Itamar Franco). São sociais, e vivem em pequenos bandos.

Por que será que a natureza lhes deu bicos tão grandes e bonitos? Eis a questão.

De outro lado, ainda segundo o Aurélio, os tucanos são indivíduos dos Tukanos, povo indígena da família linguística tucano, que habita a região do alto Rio Negro, conhecida como Boca do Cachorro (AM) e parte da Colômbia.

Talvez o exposto explique porque determinado partido político, cujos militantes vivem em cima do muro como urubus farejando carniças, o escolheram como símbolo.

A incompetência dos tucanos é tão grande que até Maluf não mais consegue mentir tanto em sua propaganda política. Basta que se limite a falar das nossas aves de rapina, que se elegeram apoiadas pelo PFL (atual DEM) e pelo próprio partido de Maluf (coisa estranha).

Aliás, voltando um pouco no tempo podemos ver que desde os tempos de Castelo Branco no Governo Militar foi sempre o mesmo partido que esteve no poder central e com o apoio da maioria no Congresso Nacional, com aquelas mesmas figuras que apoiavam o Regime Militar.

Não acredita? Pois então, vejamos:

Parece que não há como contestar que desde 1964 o país foi governado pela ARENA com o apoio irrestrito do MDB. Somente com a saída do Presidente João Figueiredo tivemos o primeiro presidente não militar.

Tomou posse o vice-presidente José Sarney (que era do PDS [leia-se Arena] e transferiu para o PMDB [leia-se MDB]). Sarney assumiu o governo em razão da morte do titular Tancredo Neves, eleito indiretamente por um colégio eleitoral escolhido pelo militares. Tancredo era do PSD de Juscelino Kubitschek, sigla que já foi de Maluf e passou a ser de Kassab (ex-DEM).

Depois de Sarney, tivemos Collor de Melo que era do desconhecido PRN em coligação com o PFL (atual DEM) de ACM e Roseana Sarney (depois no PMDB) e com o PDS (ex-PPB, atual PP) de Paulo Maluf.

Com o impedimento do presidente Collor, assumiu o vice Itamar Franco, que foi do PMDB.

Foi então que surgiu FHC (ex-PMDB, atual PSDB) primeiramente com ministro de Itamar, eleito vice-presidente na chapa de Collor de Melo.

Por sua vez, o nosso primeiro presidente reeleito, conseguiu se eleger em coligação com as forças políticas oriundas da ARENA e do MDB. Ou seja, PSDB, PMDB, PFL (DEM), PPB (PP), entre outros menos significativos como PL (PR), PSC e PTB.

Como precisam continuar no poder, Paulo Maluf (PPB, PP), Roseana Sarney (PFL, DEM, PMDB), Ciro Gomes (ex-PSDB, PSB), Itamar Franco (PMDB) e José Serra (PSDB) sempre apresentam-se como "Salvadores da Pátria", título de uma novela da TV Globo.

Ou seja, os prováveis substitutos dos antigos militares pertencem aos mesmos partidos da coligação do presidente em exercício até o final de 2002.

É preciso colocar muitos candidatos de correntes diferentes para que sejam diluídos os votos e haja segundo turno. E Roseana Sarney em 2002 por algum tempo apresentou-se com maior aceitação pelo eleitorado, segundo as pesquisas encomendadas. Veja explicações complementares em O Império do Coronelato.

E quais seriam os méritos de Roseana Sarney?

Dizia a propaganda política de Roseana que entre os seus méritos estava o ótimo governo que vinha fazendo no Maranhão. Mostrava cenas filmadas em São Luís, capital do Maranhão, com o slogan: "Este é o Brasil que a gente quer!"

Por sua vez, dizem que o Piauí sempre foi o Estado mais pobre da Federação. Porém o site do IBGE não tem dados anteriores a 1995, por isso é possível que se esteja cometendo alguma injustiça.

Na verdade, atualmente o Piauí é o penúltimo Estado da Federação em renda per capita. O último lugar em 2014 e desde aquela época pertence honrosamente ao Maranhão de Roseana Sarney, filha de José Sarney.

Será que é isso que a coligação do tucanato pretende para o Brasil em relação ao mundo globalizado?

Em parte FHC conseguiu a tal façanha de perpetuação no Poder ao se reeleger, mesmo com o Brasil à beira da falência. No início de 1999 foi obrigado a impor uma maxidesvalorização do REAL em 100%. Antes de assumir a presidência da república o Brasil era a oitava potência mundial, comparando-se o PIB - Produto Interno Bruto das Nações. Em 2002 estávamos em 13º lugar com tendência a cair mais.

Será que é esse o Brasil que a gente quer? Tal como propalava a propaganda de Roseana Sarney?