início > contabilidade Ano XX - 25 de junho de 2019



QR - Mobile Link
NOTA 1.4.1.2

COSIF - Plano Contábil das Instituições do SFN
COSIF 1 - Normas Básicas
COSIF 1.4 - Operações Interfinanceiras de Liquidez e com Títulos e Valores Mobiliários e Derivativos
COSIF 1.4.2 -
Títulos de Renda Variável (Revisado em 29-07-2017)

NOTA 1.4.1.2:

COMPRA DE AÇÕES POR PESSOAS JURÍDICAS, ANTES DA DISTRIBUIÇÃO DE DIVIDENDOS

O fato de no passado o dividendo não ser tributável nas Pessoas Jurídicas recebedoras, foi o que ensejou a aquisição de ações de sociedades de capital aberto pelas pessoas jurídicas de modo geral. As ações eram adquiridas nas Bolsas de Valores pouco antes das distribuições de dividendos e de bonificações em ações, para serem vendidas logo após a distribuição. As razões eram simples:

1) - com a distribuição dos dividendos e das bonificações, o preço das ações baixavam no pregão das Bolsas de Valores;

2) - o prejuízo sofrido na venda dessas ações, depois da redução do seu preço de mercado era dedutível para efeito do cálculo do imposto de renda, enquanto que os dividendos recebidos não eram tributados; e

3) - o imposto retido na fonte, corrigido monetariamente, era compensável com o incidente sobre as distribuições da recebedora.

Com essas operações o Fisco perdia duas vezes.

Para que seja dedutível o prejuízo, é necessário que as ações fiquem no Ativo da Pessoa Jurídica pelo menos durante seis meses, conforme foi estabelecido pelo art. 2º do Decreto-Lei 2.072/1983.

ALIENAÇÃO DE PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS:

Adquiridas até 6 meses antes da distribuição de lucros pela investida - ver o art. 325 do RIR/1999 e o COSIF1.4.1.3.

Bonificações recebidas sem Custo - ver art. 326 e 327 do RIR/1999 e COSIF 1.4.1.2.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.