início > cursos Ano XX - 18 de julho de 2019



QR - Mobile Link
Transformação de Capital de Risco em Empréstimo

BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL - ARTIFÍCIOS UTILIZADOS POR SONEGADORES

2 - ASPECTOS CONTÁBEIS MACROECONÔMICOS

2.3 - INTERNACIONALIZAÇÃO DO CAPITAL EM PARAÍSOS FISCAIS

2.3.3 - Transformação de Capital de Risco em Empréstimo <-- clique para ir à próxima página

COMPOSIÇÃO INICIAL DAS PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS

A empresa MATRIZ EXTERIOR possui a totalidade do capital da empresa SUBSIDIÁRIA BRASIL no valor de US$ 1 bilhão.

Em seguida constitui a empresa "CC5" num Paraíso Fiscal com o capital de US$ 5,00

Por sua vez, a empresa "CC5" sediada no Paraíso Fiscal constitui a empresa HOLDING BRASIL com o capital de US$ 1,00.

A intenção com essa formação societária é que a empresa HOLDING BRASIL adquira o controle acionário da empresa SUBSIDIÁRIA BRASIL.

Como o capital da empresa HOLDING BRASIL é de apenas um dólar,  para que possa conseguir o dinheiro necessário, precisa solicitar um empréstimo no exterior.

Esse empréstimo será fornecido pela instituição "CC5" que captará o dinheiro junto à MATRIZ EXTERIOR.

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador dos COSIFE


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.