início > cursos Ano XX - 21 de julho de 2019



QR - Mobile Link
MERCADO FUTURO DE AÇÕES

APLICAÇÕES OU OPERAÇÕES DE RENDA VARIÁVEL

MERCADO FUTURO DE AÇÕES NA BM&F-BOVESPA (Revisada em 22/07/2018)

  1. Definição
  2. Preço de Ajuste Diário
  3. Valor do Ajuste Diário
  4. Ações Negociadas no Mercado Futuro
  5. Negociação
  6. Encerramento Antecipado de Posições
  7. Vencimento
  8. Liquidação Física

Coletânea por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

1. Definição

Uma operação no Mercado Futuro de Ações da BM&F-BOVESPA compreende a compra ou a venda de ações listadas em Bolsa, a um preço acordado entre as partes, para liquidação em uma data futura específica, previamente autorizada.

Normalmente, o esperado é que o preço do contrato futuro de uma determinada ação seja equivalente ao preço à vista, acrescido de uma fração correspondente à expectativa de taxas de juros entre o momento da negociação do contrato futuro de ações e a respectiva data de liquidação do contrato.

O Mercado Futuro de Ações da BM&F-BOVESPA enquadra-se na modalidade "com ajuste diário de perdas e ganhos", ou seja, diariamente, todas as posições em aberto são avaliadas em relação a um preço de referência calculado para cada papel, conhecido como preço de ajuste do dia.

2. Preço de Ajuste Diário

O preço de ajuste diário é calculado após o encerramento das negociações do dia, para cada papel e cada vencimento negociado no Mercado Futuro de Ações.

Ele corresponde ao preço médio do papel no Mercado Futuro de Ações apurado no período de negociações da tarde.

Se o papel não foi negociado no dia no Mercado Futuro de Ações, não sendo possível, portanto, o cálculo do preço de ajuste do dia, mas foi transacionado no mercado à vista, então a BM&F-BOVESPA arbitrará esse valor e o divulgará ao mercado.

3. Valor do Ajuste Diário

É a diferença diária, positiva ou negativa, que será paga ou recebida pelos investidores posicionados no Mercado Futuro de Ações, obtida pela comparação dos preços de ajuste de dois pregões consecutivos, ou entre o preço de ajuste e o preço do negócio a futuro realizado no dia.

O valor do ajuste é calculado diariamente, após o encerramento das negociações do dia, e também diariamente os investidores recebem ou pagam o valor referente às perdas ou ganhos auferidos com suas posições a futuro.

As posições no Mercado Futuro de Ações são ajustadas desde o dia de sua abertura até o dia de vencimento, inclusive.

O lucro ou prejuízo correspondente a determinado dia deve ser acertado no primeiro dia útil imediatamente posterior e os acertos são realizados exclusivamente em dinheiro.

4. Ações Negociadas no Mercado Futuro de Ações

Somente as ações previamente autorizadas podem ser negociadas no Mercado Futuro de Ações.

Diariamente, a BM&F-BOVESPA divulga a relação de empresas autorizadas à negociação no seu Mercado Futuro de Ações, por meio de jornais, Boletim Diário de Informações e no www.cblc.com.br

5. Negociação

Para negociar no Mercado Futuro de Ações, o investidor deve proceder da mesma forma que já o faz em qualquer outro mercado da BM&F-BOVESPA.

Deve dirigir-se à Sociedade Corretora de sua confiança e na qual já tem cadastro para operação em Bolsa e, após atendidas às exigências da Corretora, basta dar a ordem para comprar ou vender a futuro o papel que desejar e nas condições que especificar.

As informações necessárias para o envio de ordens de compra/venda de ações no Mercado Futuro de Ações são as mesmas vigentes para o mercado à vista da BM&F-BOVESPA. No mínimo, devem ser informados: o tipo da operação (se uma compra ou uma venda); a quantidade (em múltiplos do lote-padrão do papel); o código de negociação (o código do papel/vencimento no Mercado Futuro de Ações); e a condição de preço.

Como no mercado à vista e de opções, os principais tipos de ordens poderão ser: a mercado (significa que o investidor aceita o preço que estiver sendo praticado naquele momento); limitada (quando o investidor fixa o preço máximo ou mínimo pelo qual deseja operar); e administrada (aquela em que o investidor autoriza, à Corretora por meio da qual está operando, a escolha do melhor momento para a execução da ordem).

6. Encerramento Antecipado de Posições

O investidor detentor de uma posição comprada ou vendida no Mercado Futuro de Ações, que não deseje ir para liquidação física, pode sair de sua posição no Mercado Futuro de Ações por meio da realização de uma operação de natureza oposta envolvendo os mesmos papéis e mês de vencimento. O resultado será a extinção de posições até então existentes.

São aceitos encerramentos totais ou parciais de uma mesma posição, destacando-se que o encerramento antecipado de posições pode ser realizado a qualquer momento, desde a abertura da posição até o dia de vencimento do contrato.

A liquidação do encerramento antecipado de posições é exclusivamente financeira, com o preço de liquidação correspondendo à diferença entre o preço do negócio de encerramento e o preço de ajuste do dia útil imediatamente anterior.

7. Vencimento

Vencimento no Mercado Futuro de Ações significa o último dia em que um contrato futuro pode ser encerrado por meio da realização de uma operação oposta no próprio Mercado Futuro de Ações.

Os contratos futuros de ações negociados na BM&F-BOVESPA têm como dia de vencimento a terceira segunda-feira do mês do contrato.

Após o encerramento desse dia, não mais será possível negociar as posições que se mantiveram abertas no Mercado Futuro de Ações para aquele vencimento, devendo as mesmas ser liquidadas fisicamente

8. Liquidação Física

As operações no Mercado Futuro de Ações que permanecerem em aberto após o fechamento do dia de vencimento terão obrigatoriamente liquidação física, ou seja, o investidor que, findo o último dia de negociação, permanecer com uma posição comprada de ações receberá as ações e pagará por elas o preço de liquidação apurado na data do vencimento.

A liquidação física ocorrerá no terceiro dia útil posterior ao dia de vencimento do contrato (V+3).


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.