início > contabilidade Ano XX - 26 de abril de 2019



QR - Mobile Link
CONTABILIDADE DE PRODUTORES DE AUDIOVISUAIS

CONTABILIDADE DE PRODUTORES DE AUDIOVISUAIS

PROPAGANDA, PUBLICIDADE, FOTOGRAFIA, CINEMA E VÍDEO

1. INTRODUÇÃO - Características Básicas das Empresas

  1. Propaganda e Publicidade
  2. Produção de Fotografia e Produtos Gráficos
  3. Produção de Audiovisuais - Cinema e Televisão

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

O Plano de Contas básico para quaisquer tipos de operações empresariais é o PADRON - Plano de Contas Padronizado. Apenas deve ser adaptado a determinadas características da produção, como, por exemplo, o tipo de produto final das empresas como as deste tópico. Vejamos.

1.1. PROPAGANDA E PUBLICIDADE

As empresas de propaganda e publicidade geralmente atuam na intermediação entre o Cliente Anunciante (Produtor, Industrial, Comerciante e Prestador de Serviços) e os Meios de Comunicação (Rádio, Televisão, Cinema, Jornais, Revistas, Outdoor [Cartazes de Rua, Murais], Panfletos).

Para produção dos anúncios a serem veiculados nos Meios de Comunicação (MÍDIA) as empresas de propaganda geralmente terceirizam a produção dos recursos gráficos e audiovisuais necessários (filmes, cenários, locações [locais de realização da produção], cartares, fotos, fotolitos, produtos gráficos, anúncios, etc...) mediante a contratação de outras empresas especializadas nas nessas diversas áreas de atuação do setor publicitário.

Em qualquer setor operacional existem Receitas, Custos e Despesas.

Os Custos de Produção nestas áreas de atuação, ora em questão, podem ser subdivididos em três partes básicas:

  1. Equipe Artística, em que incluem os locutores e figurantes (multidão)
  2. Equipe Técnica, em que estão os dirigentes das produções (gráficas e audiovisuais) e toda a equipe de apoio às Produções.
  3. Outros Custos de Produção, em que se incluem todas as despesas necessárias ao bom andamento de cada uma das Produções, que não se enquadrem nas duas acima.

Observe que nas Equipes Artística e Técnica são feitos pagamentos a pessoas físicas (recibos de autônomos) e jurídicas (notas fiscais de serviços prestados), aos quais podem ser adicionados eventuais encargos e descontados os tributos e as contribuições que devem ser recolhidos aos cofres públicos. Os Outros Custos de Produção são todos aqueles devidamente comprovados por recibos de locação (aluguel) e por notas fiscais de mercantis ou de prestação de serviços (que não integrem as equipes técnica e artística).

Com base nesses dados, após o término do trabalho de produção, partindo-se da Receita Bruta a ser faturada ao cliente, deduzidos dos Custos de Produção, obtém-se o resultado daquela produção (Lucro ou Prejuízo).

Porém, não se pode esquecer que depois desse resultado ainda existem as despesas operacionais da empresa produtora, desde a despesas gerada pelo mais simples funcionário até o dono da empresa ou dirigentes, incluindo-se ainda todas as demais despesas como, por exemplo, água, luz, telefone, encargos trabalhistas e previdenciários, impostos e todas as demais despesas administrativas e operacionais.

Veja também  em Aspectos Operacionais - Contabilidade Gerencial - Estrutura Básica do Orçamento de Custos de Produção e Precauções com a Contratação de Equipes.

1.2. PRODUÇÃO DE FOTOGRAFIA E PRODUTOS GRÁFICOS

Para classificação dos Custos e das Despesas com a produção de fotografias e produtos gráficos deve ser utilização o mesmo método descrito em Propaganda e Publicidade

1.3. PRODUÇÃO DE AUDIOVISUAIS - CINEMA E TELEVISÃO

Para classificação dos Custos e das Despesas com a produção de audiovisuais deve ser utilização o mesmo método descrito em Propaganda e Publicidade.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.