início > contabilidade Ano XXI - 11 de novembro de 2019



QR - Mobile Link
TÉCNICAS UTILIZADAS POR EMPRESAS BRASILEIRAS - Procedimentos da auditoria analítica

AUDITORIA ANALÍTICA EM FACE DA AUDITORIA INDEPENDENTE

TÉCNICAS DE AUDITORIA ANALÍTICA UTILIZADAS NO BRASIL - UM ESTUDO DE CASOS

CAPÍTULO 5.4 - ANÁLISE DOS RESULTADOS DA PESQUISA EFETUADA

5.4.1 - Quadro II-AD - TÉCNICAS UTILIZADAS POR EMPRESAS BRASILEIRAS

AD. Procedimentos da auditoria analítica

Procedimentos das empresas Empresas de origem nacional
Empresa A Empresa B Empresa C Empresa D Empresa E
D.1. Procedimentos adotados para realizar uma revisão preliminar de sistemas de controles internos de um cliente Identificação das pais áreas principais áreas, Identificação das pessoas responsáveis pelas áreas Estudo e avaliação dos controles internos Testes de aderência Conhecimento das operações do cliente Análise de seu posicionamento no mercado em relação aos concorrentes Análise de seu ambiente profissional Avaliação dos controles propriamente ditos Determinação qas principais operações Apuração de normas estabelecidas para as operações Identificação do perfil do sistema e de seus principais eventos Preparação de fluxogramas das rotinas estabelecidas Determinação do grau de segurança que as rotinas proporcionam
D.2-Passos considerados fundamentais para obter bons resultados quando da avaliação do sistema de controle interno contábil Emissão do documento
Remessa do documento
Recepção do documento
Registro das operações
Arquivamento dos documentos
Emissão do documento
Remessa do documento
Recepção do documento
Registros das operações
Arquivamento dos documentos
Interfaces com a parte computadorizada
Emissão do documento
Remessa do documento
Recepção do documento
Registro das operações
Arquivamento dos documentos
Emissão do documento
Remessa do documento
Recepção do documento
Registro das operações
Arquivamento dos documentos

Emissão do documento
Remessa do documento
Recepção do documento
Registro das operações
Arquivamento dos documentos

D.3-Acompanhamento das deficiências observadas nos sistemas Sim Sim Sim Sim Sim
D.4-Procedimentos adotados para efetuar o acompanhamento das deficiências Revisão dos controles internos durante a visita final
Fo/low-up da carta de controles internos emitida na visita preliminar
Testes de aderência
Testes substantivos
Follow-up do relatório emitido Implementação das recomendações contidas nos relatórios de controle internos emitidos por ocasião da auditoria de sistemas Follow-up das recomendações feitas em suas cartas à gerência
D.5. Ciclos operacionais que . mais facilitam a preparação de fluxogramas e a identificação de áreas com deficiências de controles Compras / Estoque / Custos
Contas a receber / faturamento
Vendas
Imobilizado
Pessoal
Receitas
Desembolsos Mão-de-obra e pessoal
Estoque e custo das vendas
Ativo imobilizado e deferido
Investimento
Disponibilidades
Financiamentos
Patrimônio líquido
Vendas / contas a receber / recebimento
Compras/contas a pagar/ pagamentos
Folha de pagamentos
Controle de custos e estoque
Livros e registros contábeis
Vendas/contas a receber/ recebimento
Compras/contas a pagar/ pagamentos
Folha de pagamento
Custos e controle de estoques
Registros contábeis e fiscais
Ciclo de vendas Ciclo de compras Ciclo de folha de pagamento
D.6. Benefícios para o auditor Visualização analítica da empresa e de suas atividades
Identificação dos controles- chave de cada área
Rapidez
Agregação de transações e áreas ligadas
Treinamento do auditor
Planejamento e programação do trabalho
Visualização global das operações com início, meio e fim Cobertura total das operações principais
Melhor avaliação da lógica e eficácia do sistema
Apresentação nas demonstrações contábeis
Melhor conhecimento do conjunto operacional da empresa sob exame como um todo
D.7. Beneficios atingidos com o uso das técnicas de auditoria analítica em sistemas que utilizam PED
Procedimentos das empresas Empresas de origem nacional
Empresa A Empresa B Empresa C Empresa D Empresa E
D.7.1. Ajuda o auditor a compreender melhor uma variedade de interrelacionamento de controles contábeis complexos X -- X X --
D.7.2. Facilita a identificação de área com fraquezas potenciais e de riscos decorrentes do uso de PED X -- -- X --
D.7.3. Melhor representação do sistema que está em ação, bem como mais precisão e clareza no registro das informações obtidas a respeito do sistema X -- -- X --
D.7.4. Auxilia o auditor a visualizar mudanças ocorridas no sistema de processamento de um exercício para o outro, e facilita a familiarização do auditor com os negócios da empresa auditada X -- X X --
D.7.5. 0utro(s) -- Interfaces do sistema PED / usuários -- -- --
D.8. Áreas operacionais em que as técnicas de auditoria analítica são mais utilizadas Compras/estoque/custos Vendas/contas a receber / recebimento Nenhuma Todas as áreas operacionais apontadas no quesito D-5 Vendas, contas a receber, recebimentos Compras, contas a pagar, pagamentos, Folha da pagamento, custos e estoques Vendas / compras / custo das vendas e operações financeiras

(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.