início > cursos Ano XXI - 19 de outubro de 2019



QR - Mobile Link
Participações Societárias - Venda de Controle Acionário a Estrangeiros

BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL - ARTIFÍCIOS UTILIZADOS POR SONEGADORES

4 - CRIMES EMPRESARIAIS, DE SERVIDORES PÚBLICOS E DE PROFISSIONAIS DO MERCADO

4.1 - EXEMPLOS PRÁTICOS DE CRIMES EMPRESARIAIS (Revisada em 13-10-2017)

4.1.3 - Participações Societárias

4.1.3.1 - Venda de Controle Acionário a Estrangeiros

  • Internacionalização da Administração de Conglomerados
  • Administração Profissional de Empresas Familiares
  • Planejamento Tributário e Sonegação Fiscal

Nesses casos formam-se participações em cascata tão complexas (intrincadas) que podem impedir que sejam descobertas as eventuais participações recíprocas. A estrutura organizacional das chamadas de multinacionais é mais ou menos assim. Por isso transferiram suas sede para paraísos fiscais cartoriais.

Disso resultou a falência econômica (bancarrota) de seus países de origem por falta de arrecadação tributária e por falta de exportações porque as multinacionais transferiram suas fábricas para paraísos fiscais industriais.

Por sua vez, muitas empresas familiares foram vendidas a essas multinacionais, porque o patriarca sofria duas ameaças básicas. A falência depois de sua morte por culpa dos familiares e a multinacional dizendo que, se não vendesse, iria aniquilar suas operações.

Assim, as empresas familiares foram vendidas e os herdeiros ficaram com as ações de participação societária na holding offshore do conglomerado, vivendo de juros ou dividendos que podem ser recebidos no exterior, em qualquer parte do mundo globalizado.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.