início > cursos Ano XX - 19 de agosto de 2019



QR - Mobile Link
CAPITAL ESTRANGEIRO NO BRASIL - CAPITAL BRASILEIRO NO EXTERIOR

BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL - ARTIFÍCIOS UTILIZADOS POR SONEGADORES

2 - ASPECTOS CONTÁBEIS MACROECONÔMICOS

2.3 - INTERNACIONALIZAÇÃO DO CAPITAL EM PARAÍSOS FISCAIS (Revisada em 13-10-2017)

2.3.1 - CAPITAL BRASILEIRO VERSUS CAPITAL ESTRANGEIRO

CAPITAL ESTRANGEIRO NO BRASIL - RESUMO

Presume-se que o Capital Português e Espanhol investido Brasil, seja oriundo do Capital Informal Brasileiro lavado em Paraísos Fiscais Cartoriais

Diante do combate aos Paraísos Fiscais, atualmente são utilizados Fundos de Investimentos no Exterior com quotas ao portador nas Participações Societárias, transformando as empresas em Sociedades Anônimas = Blindagem Patrimonial.

CAPITAL BRASILEIRO NO EXTERIOR - RESUMO

Em 1992, no Seminário sobre o Intercâmbio de Informações, representante do BACEN na qualidade de palestrante afirmou que não havia problema nas remessas para o exterior porque imediatamente o dinheiro voltava como Investimento Estrangeiro.

Assim acontecia a Transformação de Capital Nacional em Dívida Externa Fictícia. Isto é, o Capital obtido na Informalidade era transformado em Dívida Externa.

Somente em 2000 o Banco Central fez um censo de Capitais Brasileiros no Exterior. O valor lançado no Balanço de Pagamentos diminuiu a nossa Dívida Externa. Somente a partir de 2007 as remessas para o exterior são controladas.

Veja Capitais Brasileiros no Exterior <-- clique para ir à próxima página

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador dos COSIFE


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.