início > contabilidade Ano XX - 16 de setembro de 2019



QR - Mobile Link
CONTABILIDADE DE ENTIDADES ESPORTIVAS

CONTABILIDADE DE ENTIDADES ESPORTIVAS

CONTABILIDADE DE CUSTOS

O grande problema das entidades esportivas profissionais, principalmente as ligadas ao futebol, parecer ser a incapacidade administrativa de seus dirigentes ou o simples fato de agirem sob os impulsos do coração de um torcedor e não de um executivo ou empresário que visa resultados positivos não só nas conquistas esportivas, mas, também na área econômico-financeira.

Para que os resultados econômico-financeiros sejam positivos, os dirigentes das entidades esportivas necessitam obviamente de uma eficiente contabilidade de custos e de um também eficiente departamento de planejamento econômico e financeiro.

É preciso estabelecer qual a renda e o custo por departamentos esportivos, administrativo e social.

É necessário também saber o custo por atleta para efeito do disposto na Lei 9.615/1998 com as alterações promovidas pela  MP 79/2002, que foi convertida na Lei 10.672/2003. Este custo por atleta também está previsto nas Normas Brasileiras de Contabilidade - NBC-T- 10.13 - Entidades de Esporte Profissional

A contabilidade de custos das entidades esportivas pode ser dividida nos seguintes segmentos, entre muitos outros:

  • Custos de Administração
  • Custos do Departamento Social ou Recreativo
  • Custos do Departamento Cultural
  • Custos por Departamentos Esportivos
    • Futebol
      • Custo por Atleta Profissional
      • Custo por Atleta em Formação
    • Basquetebol
      • Custo por Atleta Profissional
      • Custo por Atleta em Formação
    • Voleibol
      • Custo por Atleta Profissional
      • Custo por Atleta em Formação
    • Natação
      • Custo por Atleta Profissional
      • Custo por Atleta em Formação

(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.