início > contabilidade Ano XX - 18 de setembro de 2019



QR - Mobile Link
CONTABILIDADE INTEGRADA - DEFINIÇÕES

CONTABILIDADE INTEGRADA

SISTEMAS ELETRÔNICOS DE GERENCIAMENTO CONTÁBIL E OPERACIONAL

DEFINIÇÕES

Contabilidade Integrada é aquela em que todos os setores, seções, divisões e departamentos e filiais da entidade jurídica estão integrados ou interligados ao sistema central de processamento de dados por intermédio de Rede Local (LAN) nas empresas sem filiais ou por intermédio de Rede Interna ou Intranet nas empresas com filiais. Na ocorrência desta última hipótese, pode ser utilizado um sítio (“site”) seguro na internet, mediante a utilização de senha e de sistema criptográfico, para integração dos dados vindos de diversas localidades em que existam agências, filiais, representações, sucursais, coligadas e controladas.

Assim sendo, o sistema de processamento eletrônico deve ter um “servidor” (computador central) em que serão processados os dados recebidos de todas as unidades da empresa, podendo centralizar também a contabilização de suas coligadas e controladas.

Criptografia - é a arte de escrever em cifra ou em código ou o conjunto de técnicas que permitem criptografar informações (como mensagens escritas, dados armazenados ou transmitidos por computador). Criptografar é tornar incompreensível um texto ou uma mensagem escrita com clareza. A criptografia tem a função de impossibilitar a leitura daquele texto por terceiros (intrusos). Para tornar o texto não legível, são utilizadas normas especiais consignadas em cifras ou em códigos. Então, em informática, criptografar é codificar uma informação de forma a tornar difícil (quase impossível) a sua decodificação sem que se tenha a adequada chave de códigos ou cifras.

INTERNET é a Rede Mundial de Computadores.

INTRANET é uma rede de computadores privada que está contida num site de protocolos da Internet. Assim, mediante o uso de senha de segurança, todos os dados transmitidos ficam de uso exclusivo do sistema de processamento de dados da empresa centralizadora (matriz). Em suma, a intranet seria como "uma versão privada da Internet" ou uma pequena rede de Internet para ser utilizada somente por profissionais de uma mesma empresa.

A INTRANET permite:

a) - o compartilhamento de arquivos e impressoras

b) - a introdução de dados a serem processados

c) - o acesso rápido e seguro aos dados processados, com consequente melhoria na tomada de decisões

d) - a transmissão de videoaulas, palestras e a veiculação rápida de novos conhecimentos ou instruções, entre outras informações

e) - a unificação de informações para todos os membros da organização, não importando sua localização geográfica (usuários internos)

f) - a fácil instalação física e a administração virtual do sistema de processamento de dados

g) - que os clientes, fornecedores e representantes comerciais sejam integrados ao sistema (usuários externos)

Isto é, a INTRANET permite a maior eficiência mediante baixo custo de implementação e de manutenção do sistema de processamento de dados.

Portanto, a internet e a intranet são os estágios avançados de processamento das informações que as empresas e demais entidades com ou sem fins lucrativos agora têm à sua disposição diante dos avanços não somente da informática como também das telecomunicações.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.