início > textos Ano XIX - 23 de maio de 2018



QR - Mobile Link
BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL - EFEITOS NO BALANÇO DE PAGAMENTOS

BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL

OS ARTIFÍCIOS UTILIZADOS POR SONEGADORES DE TRIBUTOS - EFEITOS NO BALANÇO DE PAGAMENTOS

São Paulo, 18/04/2013 (Revisado em 21-04-2018)

Referências: BLINDAGEM PATRIMONIAL: Fraude e Simulação Contra a Execução Fiscal; Carga Tributária, Crimes contra a Ordem Econômica e Tributária, Sonegação Fiscal, Lavagem de Dinheiro, Evasão de Divisas, Planejamento Tributário Ilegal, Fraudes Financeiras Nacionais e Internacionais, Fraudes Contábeis - Contabilidade Criativa ou Fraudulenta, Operações Simuladas e Dissimuladas, Paraísos Fiscais, Empresas, Bancos e Fundos Offshore, Aspectos Contábeis Microeconômicos (empresariais) e Macroeconômicas, Balanço de Pagamentos - contas nacionais e cofres públicos federal, estadual e municipal.

  1. INTRODUÇÃO
  2. A ELEVADA SONEGAÇÃO FISCAL - CONTABILIZAÇÃO DE LUCROS EM PARAÍSOS FISCAIS
  3. REDUÇÃO DOS CUSTOS OPERACIONAIS DAS EMPRESAS
  4. A CRISE PROVOCADA PELA NOVA ORDEM ECONÔMICA MUNDIAL GLOBALIZADA
  5. HISTÓRICO DA BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL
  6. INTERNACIONALIZAÇÃO DO CAPITAL NACIONAL
  7. O GOVERNO INVESTINDO O DINHEIRO CAPTADO COM A EMISSÃO DE TÍTULOS PÚBLICOS
  8. O BANCO CENTRAL FACILITANDO A ATUAÇÃO DOS DOLEIROS
  9. O EFETIVO COMBATE À SONEGAÇÃO FISCAL
  10. REGULAMENTAÇÃO DO DEPÓSITO DE MOEDA BRASILEIRA NO EXTERIOR
  11. CARTILHA DO BANCO CENTRAL SOBRE O REGIME CAMBIAL BRASILEIRO EM 1993 - REGULAMENTOU OS DESFALQUES NO TESOURO NACIONAL
  12. DÍVIDA EXTERNA BRUTA VERSUS DÍVIDA EXTERNA LÍQUIDA
  13. LEI 9.613/1998 - LAVAGEM DE DINHEIRO E BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL
  14. COMO EVITAR A BLINDAGEM FISCAL PATRIMONIAL DOS FRAUDADORES?
  15. SÃO NULAS AS OPERAÇÕES SIMULADAS OU DISSIMULADAS
  16. A NOVA FORMA DE BLINDAGEM FISCAL E PATRIMONIAL
  17. O PODER DE PERSUASÃO DOS AGENTES DO SFN - SISTEMA FINANCEIRO BRASILEIRO

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE