início > cursos Ano XIX - 23 de outubro de 2017



QR - Mobile Link
EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PARA AUDITORES INDEPENDENTES

CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE
CNAI - CADASTRO NACIONAL DE AUDITORES INDEPENDENTES
EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PARA AUDITORIA INDEPENDENTE (Revisada em 11-07-2017)

PRORROGAÇÃO DO PRAZO DAS INSCRIÇÕES

Veja no COMUNICADO DO CFC exibido no final desta página em NOTA DO COSIFE.

Veja também:

EXAMES DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA REALIZADOS PELO CFC - CNAI

EDIÇÃO - ANO GERAL CVM BCB / BACEN SUSEP
18º Exame - 2018 Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito
17º Exame - 2017 Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito
16º Exame - 2016 Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito Prova Gabarito
15º Exame - 2015 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
14º Exame - 2014 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
13º Exame - 2013 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
12º Exame - 2012 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
11º Exame - 2011 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
10º Exame - 2010 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
9º Exame - 2009 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
8º Exame - 2008 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
7º Exame - 2007 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
6º Exame - 2007 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
5º Exame - 2006 Prova Gabarito - - Prova Gabarito Prova Gabarito
4º Exame - 2006 Prova Gabarito - - Prova Gabarito - -
3º Exame - 2005 Prova Gabarito - - Prova Gabarito - -
2º Exame - 2005 Prova Gabarito - - Prova Gabarito - -
1º Exame - 2004 Prova Gabarito - - Prova Gabarito - -

 

NOTA DO COSIFE

RESOLUÇÃO CMN 4.588/2017

Dispõe sobre a atividade de auditoria interna nas instituições financeiras e
 demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Na referida Resolução do CMN publicada pelo Banco Central lê-se:

Art. 3º A atividade de auditoria interna deve ser realizada por unidade específica da instituição, ou de instituição integrante do mesmo conglomerado financeiro, diretamente subordinada ao conselho de administração.

§ 1º A atividade de auditoria interna de que trata o caput poderá ser realizada por auditor independente devidamente habilitado, na forma da regulamentação vigente, para prestar serviços de auditoria independente para instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, desde que este não seja responsável pela auditoria das demonstrações financeiras [contábeis] da instituição [financeira] ou por qualquer outra atividade com potencial conflito de interesses.

§ 2º O disposto no § 1º não se aplica às instituições que, na forma da regulamentação vigente, estão obrigadas a constituir comitê de auditoria.