início > contabilidade Ano XVII - 29 de julho de 2016
QR - Mobile Link
CONTABILIDADE - LIVROS, REGISTROS E DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

   

LIVROS, REGISTROS E DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS (Revisada em 04-10-2015)

Veja também outro texto sobre Levantamento de Balancetes e Balanços

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - CONHECIMENTOS BÁSICOS

A escrituração contábil de cada operação realizada pelas pessoas jurídicas é feita através de débitos e créditos de igual valor (Método das Partidas Dobradas). Daí se conclui que, somando os débitos de todas as contas, teremos um total que será igual a soma dos créditos de todas as contas. Pelo mesmo motivo, é fácil concluir que o valor total dos saldos credores deve ser igual ao valor total dos saldos devedores.

Essa comprovação se faz com o uso do Balancete de Verificação. Se a soma dos saldos das contas colocados na coluna dos débitos se igualar a soma dos saldos colocados da coluna dos créditos, significará que os registros feitos no Diário e transcritos para o Razão estão corretos.

Exemplo:

BALANCETE MENSAL
CONTAS SALDOS
DEVEDORES CREDORES
CAIXA 9.000 0
DUPLICATAS A RECEBER 130.000 0
MERCADORIAS 80.000 0
IMÓVEIS 50.000 0
MÓVEIS E UTENSÍLIOS 31.000 0
FORNECEDORES 0 60.000
CAPITAL 0 170.000
VENDAS 0 130.000
CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS 55.000 0
DESPESAS OPERACIONAIS 5.000 0
TOTAIS 360.000 360.000

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO

Observe que no Balancete de Verificação estão incluídas as Receitas e Despesas Operacionais (Contas de Resultados), juntamente com as Contas Patrimoniais (Ativos, Passivos e Patrimônio Líquido).

Mediante a soma algébrica das contas de Resultado, teremos o Lucro ou Prejuízo do Período (Exercício). Para obtenção desse Resultado do Período é feita a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), conforme o simplório exemplo a seguir:

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO
(+) VENDAS 130.000
(-) CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS 55.000
(-) DESPESAS OPERACIONAIS 5.000
(=) LUCRO DO PERÍODO 70.000

No caso em questão houve lucro porque as Receitas são superiores às Despesas. Esse resultado (lucro) será adicionado ao Patrimônio Líquido, quando será chamado de Lucro Acumulado. Do Patrimônio Líquido também fazem parte o Capital e as Reservas. Então, no exemplo em questão, o Patrimônio Líquido = Capital + Lucros Acumulados será de 170.000 + 70.000 = 240.000. Vejamos como esse Patrimônio Líquido fica representado no Balanço Patrimonial.

BALANÇO PATRIMONIAL

Depois de apurado o resultado do período ou do exercício, o Balanço Patrimonial deixa de apresentar as Contas de Resultado (sintetizadas em Lucro ou Prejuízo). Assim sendo, apresentará apenas as Conta Patrimoniais como segue. Desse modo, as contas com saldo devedor ficam no ATIVO e as contas com saldo credor ficam no PASSIVO:

BALANÇO PATRIMONIAL
CONTAS SALDOS
ATIVO PASSIVO
CAIXA 9.000 0
DUPLICATAS A RECEBER 130.000 0
MERCADORIAS 80.000 0
IMÓVEIS 50.000 0
MÓVEIS E UTENSÍLIOS 31.000 0
FORNECEDORES 0 60.000
CAPITAL 0 170.000
LUCRO / (PREJUÍZO) ACUMULADO 0 70.000
TOTAIS 300.000 300.000

Se houvesse Prejuízo Acumulado, este estaria entre parênteses.

No próximo tópico veremos a melhor estruturação das Demonstrações Contábeis de conformidade com o previsto nas NBC - Normas Brasileiras de Contabilidade, com apuração do resultado do exercício com base no Princípio de Contabilidade da Competência.

Veja outro texto sobre Levantamento de Balancetes e Balanços


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.


 




Atendimento
Central do Assinante
Licença de Uso
Política de Privacidade
Suporte ao Usuário
Busca Avançada
Central de Ajuda - FAQ
Sumário do Portal
Comercial
Assine Já
Anuncie Aqui
Estatísticas
Institucional
Coordenação
Editoração
Expediente - Contato
facebook.com google.com twitter.com youtube.com rss antispam.br
©1997-2016   Megale Mídia Interativa.   Todos os direitos reservados.